terça-feira, 31 de março de 2009

o mundo vai para o buraco

Passou batido mas vou comentar hoje, pois daqui um mês já não vai ter graça. O negócio é o seguinte, sábado eu fui uma das poucas pessoas que apagou as luzes aqui em Pelotas ( e acho até que no país inteiro). Acredito que eu não fui o único, mas também acredito que assim como eu, apenas algumas poucas pessoas se importaram com isso.
Já digo que não sou politicamente correto e que não sou vegetariano (muito pelo contrário, gosto de carne vermelha e mal passada), mas sempre faço pequenas coisas que melhoram, talvez não o mundo, mas pelo menos a minha vida.
É uma pena que quase ninguém pensa isso.

segunda-feira, 30 de março de 2009

seleção?

Depois do jogo de ontem da seleção brasileira, e das notícias que envolvem jogadores como Adriano e Robinho, mais firme fica a minha idéia de não torcer para esse bando de medíocres (e não falo de futebol mas sim de moral e vergonha na cara) e seus seguidores.
Duas coisas que me irritam muito: que tipo de jogador é esse que é amigo de traficante, que é acusado de estupro, que fuma, que usa drogas e que nem se importa com o clube para qual joga; e que tipo de imprensa é essa que lambe o saco desses jogadores e os idolatra mesmo com todos os problemas por eles caudsados.
É por essas e outras que não torço mais para a seleção. E não me venham com esse papo que devemos apoiar o escrete canarinho pois o Dunga é gaúcho e etc e tal. Porras... vamos parar por aí, pois essa mania de gaúcho se achar melhor que os outros é uma babaquice só. Se gaúcho fosse tão bom assim, não votava na Yeda e não acreditava no Lasier Martins.
É por essas e outras que só tenho orgulho de ser colorado.

sexta-feira, 27 de março de 2009

o STF é uma grande merda

Ao ler o blog da Ana B. ( http://cemmeiaspalavras.blogspot.com/ ) resolvi ser solidário e comentar que mais uma vez os grandes cabeças do superior tribunal federal (tudo em letra beeem pequenininha, pois eles não merecem o meu respeito) vão fazer outra cagada nesse brasil (com "b" de bosta mesmo!) ao retirar a obrigatoriedade do diploma de jornalismo.
Eu sei que existem vários jornalistas em todos os cantos desse país (começando por muitos aqui no RS) que não servem pra nada e só fazem puxar o saco do governo ou de empresas, etc; mas com certeza, sem o diploma a coisa só vai piorar.
Mas como sempre digo, nada é tão ruim que não possa ficar pior.

atriz, modelo, manequim... e apresentadora!

Seguindo a minha proposta de não ficar mais me preocupando com política e coisas afins, vou retornas a idéia inicial de blog: falar sobre nada e criticar tudo. E com textos pequenos, para falar mal de muitas coisas ao mesmo tempo.
Com isso, a primeira coisa a ser dita é: que merda uma mulher tem na cabeça para se "lançar" na vida artística usando como cartão de visitas e referência profissional a alcunha de AFILHADA DA RITA CADILLAC.
Melhor que isso só esses concursos tipo churrascaria para eleger rainha de bateria.

quinta-feira, 26 de março de 2009

sangue


Sou um grande fã de filmes de terror e muito especialmente do Clive Barker (os contos da série LIVROS DE SANGUE são de matar do coração qualquer um), então quando vi o novo visual do PINHEAD para a refilmagem de "HELLRAISER" já delirei.
Ah... e depois de ler meu último post, resolvi não escrever coisas tão extensas, pois nem eu aguentei ler novamente o meu texto. Então é isso, vários pequenos textos para vocês não morrerem de tédio e poderem escolher o tema para ler mais facilmente.

quarta-feira, 25 de março de 2009

A queda do Xavante.

Fico chateado pelos meus amigos pelotenses que torcem pelo Brasil de Pelotas, pois ontem o time confirmou o que todos já imaginavam e caiu para a segunda divisão do futebol gaúcho.
Só que nesse momento em que vejo os meus conhecidos e outros torcedores do xavante tão tristes, não posso deixar de comentar o quanto acho estúpidas as declarações da imprensa de Pelotas sobre o ocorrido.
É muito fácil, agora, culpar os jogadores que vieram para o Brasil após o fatídico acidente e dizer que eles não tem identificação com a dita "garra xavante". Não se ganha nada no futebol tendo apenas "garra", muito pelo contrário, se ganha tendo organização e planejamento (assim como em tudo na vida).
A direção do Brasil de Pelotas é uma piada sem graça! Na hora da dificuldade a única coisa que seu presidente sabe falar é que conta com o apoio da torcida para superar a crise. TSc, tsc, tsc... caro presidente: torcida não ganha jogo e não entra em campo. O papel da torcida é apoiar o time, mas quem faz a coisa acontecer começa pelo senhor, que deveria saber organizar e planejar um clube.
O acidente foi triste e abalou toda uma cidade e toda a comunidade do futebol, mas isso já ficou no passado e não pode ser eternamente usado como desculpa para todo um fracasso gerado por uma diretoria incompetente e sem visão de futebol.
Ficar sentado como criança reclamona não adianta. O mal já foi feito e a segunda divisão é o presente.
Como disse no começo do texto, fico chateado pelos meus amigos xavantes, mas que o presidente, a diretoria e alguns jornalistas merecem isso, merecem.

terça-feira, 24 de março de 2009

Medo

Meu dia está pior que o normal, pois ontem à noite minha irmã me ligou e falou que minha mãe não estava passando bem. Então já sabe... minha cabeça tá a mil com a história de ambulância, médico, pressão, remédios, exames, etc.
Eu nem sei o que pensar direito, só fico pensando em querer resolver todas as funções do trabalho e ir pra Santa Maria.
Mas vou pensar que as coisas sempre melhoram e tentar respirar em paz.

segunda-feira, 23 de março de 2009

mais uma segunda

Segunda-feira... começo de semana e de tormenta. Corpo cansado de tanto esperar por algo que nem sei mais se quero.
Nesse momento me sinto como um mergulhador que pratica apnéia na profundidade. Vou baixar a cabeça e seguir em frente, pois acredito que em algum momento as coisas ficam mais calmas. Eu acredito que ficam... não ficam? Uhmmm... senão fudeu!
Ao som de "Love Is A Shild" do Camouflage (synthpop alemão de 1987)

rock

Eu sempre falo sobre os bons sons e o quanto eu gosto de rock e o caramba a quatro, até mesmo por causa disso inclui uma rádio no meu blog, somente com o triste objetivo de obrigar as pessoas ao mundo das músicas que eu gosto.
Mas agora o repertório mudou, não tirei nada do que eu já gostava (The Smiths, The Clash, Gene, Radiohead, etc) e pode ter certeza que todo o som classudo continua. Mas a novidade é que agora tem um set list só com o melhor do glam-hard-rock-metal-farofa, ou seja metal pra molhar calcinha.
Bem vindo ao mundo do Motley Crue, Poison, Faster Pussycat e outros mais bagaços ainda e seus temas soobre mulheres, sexo, álcool, carros e mais mulheres... e o mundo nem precisa de nada mais! He he he.

sexta-feira, 20 de março de 2009

Mais dos bons sons


Recentemente vi um documentário sobre o músico/cantor/compositor Daniel Johnston, chamado "The Devil and Daniel Johnston". Não vou fazer grandes comentários sobre o filme, mas vou recomendar que quem não assistiu, procure e veja, pois é muito bom.

Mas deixando o filme de lado, eu queria mesmo é comentar sobre o cantor Daniel Johnston.

A primeira vez que eu tive contato com as músicas desse cara foi no começo da década de 90, ao escutar Nirvana, Pearl Jam, Temple of The Dog e outros daquele período. Por um desses motivos bizarros da vida, ao ler uma entrevista do Kurt Cobain (acredito que na revista Bizz), me deparei com o nome do cantor e resolvi procurar alguma coisa sobre ele.

Bem, num tempo em que internet era coisa de outro mundo, acabei achando algumas coisas sobre o dito cujo, mas só na virada do século é que acabei conhecendo o material dele um pouco mais.

Só para ter uma idéia, as músicas dele mais conhecidas são de 1981/1986, e te digo, se algum dia tu quiseres escutar alguma coisa mais bizarra (essa é a única palavra que me veio), calma e ao mesmo tempo depressiva, procura esse cara, pois depois da primeira sensação estranha, tu vais ver que o cara é um louco ( e no documentário isso fica evidente) que faz ótimas músicas (ou um músico que faz coisas muito loucas). Procure escutar as músicas "Devinare" e "I Live My Broken Dreams... é de se emocionar.

Essa é para quem gosta de desafinações, sonic youth e camisa de flanela amarrada na cintura.

publicidade

Nunca comento, ou pelo menos não lembro de ter comentado, sobre meu trabalho como diretor de comerciais e vídeos em geral. Então, resolvi postar um VT que dirigi para a Kappesberg móveis, quando do lançamento da sua nova linha de cozinhas URBAN.
Esse VT foi rodado em novembro de 2008 na sede da Kappesberg em Tupandi.
Produção da Público Vídeo, direção de fotografia de Felipe Rosa, edição e finalização de Daniel Sander, locução e trilha sonora da Technológica e direção deste que vos escreve, Mário Finard.
Esse é o primeiro de alguns trabalhos que mostrarei, tanto dos bons quanto daqueles que não me agradam muito.
video

Lançamento do curta.

O Alessandro Domingues (editor e cúmplice do curta) e eu decidimos que o lançamento do DOIS BRANCOS, UM PRETO, UMA MINA E UM JAPONÊS será no dia 1° de abril.
Por que esse dia?
Olha, não existe dia melhor do que esse para lançar mundialmente o filme, para nossos seis (dizem até que são sete, mas nós não acreditamos) fãs se divertirem, ou no caso de alguns, ficarem revoltados.
Bem, é isso, agora já está com data certa, por isso NÃO PERCA!
E pensa por um lado, é de graça, se não gosta é só dar um pause e fechar a janela.
E já me adianto e revelo que o Alessandro me deu uma ótima idéia para alterar um roteiro que eu já tinha. Com isso, em maio queremos estar com outro curta-trash pronto.
Não posso falar ainda nada sobre o enredo do filme, mas posso dizer que vai ser uma fusão de JOHN RAMBO, JUNO e SONHOS MOLHADOS DE SAVANNA SHOCK.

quinta-feira, 19 de março de 2009

político não vale nada

Eu até já tinha pensado em não falar mais sobre política, mas não dá! Não vou fazer nenhum comentário, mas sim um desabafo singelo: todo, eu disse TODO, político é um grande filho-da-puta! E fica bem claro que não importa o partido. Se tu, que está lendo estás poucas palavras é um político, já sabes que é um filho-da-puta, ou se tu estás pensando em ser um político, bem... tens uma grande tendência em ser um filho-da-puta.

quarta-feira, 18 de março de 2009

gostaria de ver um filme no cinema... mas não dá!

Só pra não perder o ritmo normal das minhas reclamações, vou apenas comentar que ainda não vi WATCHMEN. Pode parecer brincadeira, mas aqui em Pelotas continua passando "Marley e Eu" e "O Menino da Porteira". Ou seja, filme bom aqui é lenda!
Qualquer dia vou levar uma tijolada na cara, mas tenho que falar que Pelotas, no quesito cultura, fica devendo muito em comparação com outras.
Oh cidade miserável!

terça-feira, 17 de março de 2009

Trailer de DOIS BRANCOS, UM PRETO, UMA MINA E UM JAPONÊS

Essa é para quem gosta de filme trash.
Em breve o curta vai estar no youtube.
video

quinta-feira, 12 de março de 2009

dois brancos, um preto, uma mina e um japonês


Acabamos a edição do curta!
Em breve vai estar disponivel para todo mundo copiar e falar mal.
video

quarta-feira, 11 de março de 2009

Dia de Chuva


Tarde de chuva em Pelotas, essa cidade esquecida pelo mundo, ao sul do Rio Grande do Sul. O céu está com aquela cor cinza que transforma todo o horizonte em um mar de chumbo.

Saio mais cedo do trabalho na produtora Público, para qual presto meus parcos talentos e serviços freela como diretor e roteirista de comerciais, mas não vou para casa, resolvo tomar um café no Aquarios e ficar olhando o movimento letárgico das pessoas na rua XV de Novembro.

O café com leite demora e passo meu tempo em pensamentos perdidos, tentando lembrar nos escaninhos da minha memória (essa é para quem trabalhou comigo no curta "João Simões Lopes Neto - Entre o Real e o Imaginado" em 2006... cara nem lembro se é esse o nome!) o motivo pra viver aqui nesse município. É claro que não lembro, ou tento não pensar corretamente para não ver o quanto estou frustrado. Mas talvez isso nem importe mais, já estou decidido (estou?) a mudar a situação esse ano.

Dizem que depois da tempestade sempre vem um dia de sol... uhmm... não creio muito nisso, mas não custa acreditar que algo novo acontece. Algo novo e bom de preferência!

Lá fora a chuva continua e as estatísticas comprovam que esses dias são os melhores para o suícidio.

Ao som de "Never Let Me Down Again" do Depeche Mode e "Let's All Go Together" do Marion

terça-feira, 10 de março de 2009

Bons sons para a alma.


Como moro em Pelotas e qualquer filme chega aqui muito tempo depois, ou não chega, não vi "Watchmen" e consequentemente tenho inveja dos meus amigos em PoA que já viram e podem falar sobre o filme. Por isso, vou falar sobre uma das coisas, das poucas é claro, que mais me fazem feliz... música.

Há pouco tempo redescobri duas bandas inglesas dos anos 90, Gene e Marion. Ainda me lembro dos anos de 94 e 95, fazendo publicidade na UFSM la em Santa Maria, de antes de sair para ir na boate do DCE (era obrigatório ir nessa boate todas as sextas!) ficar escutando ou vendo as fitas vhs que eu gravava com o programa "Lado B", com o reverendo Fábio Massari e aprender vários bons sons. Foi no "Lado B" que acabei me deparando com essas duas bandas de, o que na época era assim chamado, britpop.

Som pop, melancólico e emocionante, escute "Sleep well Tonight" do Gene e confira o que estou falando. Se tu gostas de The Smiths e ainda não escutou, vale a pena.

Recomendo para quem gosta de caminhadas em ruas vazias em dias de chuva e frio e conversas, regadas a vinho tinto, em bares pequenos e escuros.

sexta-feira, 6 de março de 2009

gordo e lento


Continuando o papo sobre futebol, vou fazer um breve comentário sobre o ex-jogador Ronaldo. Sabe, fico olhando a TV e chega a ser patético o que a Globo e a Band fazem de alarde sobre esse cara. Ele já não consegue jogar direito, mas qualquer toque na bola, pronto... é um lance de efeito do "fenômeno".

Eu olho o Ronaldo tentando jogar bola e me lembro da minha infância, quando a gente montava um time, sempre tinha o gordinho da rua que corria atrás da bola, mas nunca chegava no tempo certo.
E nem vou falar sobre o comportamento do dito cujo. Todo mundo já cansou de ver as merdas que ele faz na vida.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Colorado, colorado nada vai nos separar...


Cara, eu sou colorado fanático, daqueles que choram se o time perde, acompanho o inter sempre, e como moro no interior - e nao tenho peiperviu - vou ver os jogos do inter num posto, faça chuva ou sol. Ou seja, é o inter em primeiro lugar e o resto é nada.
Te digo uma coisa, sempre tem uma besta que fala que futebol é algo terrível e que não faz o mínimo sentido sofrer por um time. Falo isso, pois acabo de escutar um senhor com cara de mafioso de novela (do sbt!), em um café aqui em Pelotas, criticando os jogos que passam na TV e comentando que esse é um dos problemas do Brasil, afinal, segundo ele, o povo se importa mais com seu time de futebol do que com o momento econômico do país.
Bem, para essas pessoas eu digo: VAI TE FUDÊ! Pois o momento econômico do país continua o mesmo desde que eu nasci, que é... uma grande merda!
Escuta aqui gordinho com cara de burguês membro do Rotary, se tu acha que o Brasil não funciona por isso, devia pensar um pouco mais no que faz na vida e não fazer campanha para a atual governadora do RS se reeleger. Ou acreditar que os empresários do CDL da tua cidade se importam com o futuro do município e não com o lucro deles.
Por favor... tenho que escutar cada demente!
Na boa, já faz um bom tempo que eu não sou mais gaúcho e nem brasileiro, hoje em dia e para sempre, eu sou só colorado... e isso é mais do que o suficiente. O resto é... como eu sempre falo... só o resto!

terça-feira, 3 de março de 2009

Bons Sons

Agora vocês vão poder escutar alguns bons sons, escolhidos pela minha pessoa é claro. Clica ai do lado e bom proveito com um pouco de punk, tecno, surf music, pop e etc.

Ninguém nunca faz algo útil


Além de escrever um blog que meia dúzia de pessoas olha, me considero uma dessas pessoas que não está fazendo nada por um mundo melhor, ou seja, não faço nada a não ser reclamar da vida e dar chutes nas portas. Mas mesmo assim, não me considero uma pessoa ruim, pois mesmo com todos os meus milhões de defeitos, tenho algo comigo que considero de maior importância: sou honesto. É... honesto, ético e mais do que tudo, tento não ser um hipócrita. E sabe que eu até acredito que o mundo, ou pelo menos a minha rua, seria um pouco melhor!

Como já falei anteriormente, sou um cara niilista e não acredito que algo melhore no Brasil ou no mundo. O homem é um bicho muito, mas muito mesmo, repugnante e ignóbil e os partidos políticos se tornaram apenas mecanismos para esse bando de cretinos enriquecerem.

Mas como hoje sou um cara mais zen e não vou largar nenhuma bomba no Congresso e nem na casa da Governadora (que nem vou perder tempo falando o nome da cadela... porras! pesada essa!), mesmo acreditando que a coisa só vai melhorar no dia que isso acontecer, vou continuar escrevendo nesse blog, reciclando o meu lixo, cuidando - do modo possível - dos animais de rua e mais do que tudo, continuando honesto.
E olha meu caro... não é difícil!

coisas pequenas também irritam I

Eu já estava sentindo falta de não falar mal de algo, até tentei falar coisas mais construtivas e até mesmo culturais... fuééé... que bobagem, nem parecia eu!
Pois agora retomo o rumo dessa vida e volto a falar sobre esse mundinho medíocre que nos rodeia, e que pelo jeito irrita muito mais a mim do que a ti e aos teu amiguinhos.
Mas como hoje é terça-feira, e esse dia é o dia mais sem função da semana (só serve pra lembrar que amanhã já é quarta), começarei falando de algo bem comum... chaveiros! E falo do profissional que faz cópias de chaves e não do pinduricalho que carregamos no bolso (que por sinal, algumas pessoas já demonstram o seu mau gosto na vida ao escolher esse pequeno objeto!).
Pois bem, alguém já reparou que a cópia da chave nunca funciona direito da primeira vez e que sempre acabamos tendo que ir duas, três, vezes até o tio (com raras exceções o cara é um velho com cara de tio pescador que já se aposentou, não do trabalho, mas sim da vida) que faz a chave? E que da terceira vez ele sempre acha que descobriu o problema?
Olha, se o tiozinho já sabia que ia dar problema, porque ele não fez uma chave melhor e evitava toda essa romaria por causa da porcaria de uma chave.

segunda-feira, 2 de março de 2009

desenhos de criança


Bons tempos em que a melhor coisa da vida era ficar vendo desenho de super-herói na TV. Hoje fico o dia inteiro vendo e pensando em coisas, e produtos, e roteiros para TV, e cada vez mais, só vejo o quanto tem de porcaria na tela, não importando se é TV aberta ou paga. No final o lixo é o mesmo!
Saudosos tempos de desenhos infantis.

copacabana


Vou copiar o tema do blog do Adriano e falar sobre o melhor doce do mundo: a massa folhada rosa da confeitaria copacabana lá da boa terra de Santa Maria. Eu já queria ter dedicado minhas palavras para esse que considero o doce definitivo, mas por motivos que eu nem lembro, fui deixando, mas enfim, chegou o dia.
Pra quem não conhece, já digo antes de mais nada que não sabe o que está perdendo, pois a massa folhada rosa é "o" doce! Nada se compara ao seu sabor, e olha que escrevo de Pelotas, a dita cidade do doce. Mas te conto, troco qalquer doce daqui por essa massa folhada rosa.
Não comeu? Tua vida não é completa então! Tu és apenas uma pessoa como qualquer outra, que acha que conheces a vida, mas te garanto que é o contrário: a vida de ninguém está completa sem comer uma vez na vida a massa folhada rosa da copacabana.
Que pastel de santa clara nada... te cria rapaz!