sábado, 30 de maio de 2009

amor e sexo

E é claro, se estou falando de amor, só poderia começar a falar sobre sexo. Não tem como separar uma coisa da outra.
video

love is (what i say?)

Mais uma música falando sobre amor. Coisa difícil essa... nunca estamos contentes.
video

dúvidas

Essa pergunta já nos fizemos várias vezes na vida.
video

da série: músicas que me emocionam

Dias como hoje, em que o suicídio é papo de mesa de bar e solidão faz parte da minha vida, músicas como essa fazem a minha melancolia sorrir.
Muse - "starlight". É de sorrir enquanto cortamos os pulsos em um dia de chuva.
video

Ana Hickmann e Kappesberg

Eu nunca fiquei tão perto da Ana Hickmann como nesse caso, e pelo caminho da vida, acho que vai ser o mais próximo que vou ficar.
O vídeo que está passando durante o merchan que ela faz para os Móveis Kappesberg, no programa Hoje Em Dia, foi dirigido por esse diretor (nem tão simpático) que escreve essas poucas linhas.
video

triste

Sábado, 13h32min, uma tarde de chuva. Vou começar a trabalhar, ou pelo menos tentar pensar nos 3 roteiros que devo escrever até segunda. o meu problema é que a cabeça está distante, acredito que até em outro estado, de tão sem concentração que me encontro.
Tudo está certo, mas tenho uma sensação de algo ruim no ar, algo triste que não me deixa raciocinar.
Olha, mais do que nunca, vou ter que ter uma força de vontade muito grande e continuar acreditando que posso conseguir atingir meu objetivo para esse ano. Objetivo esse que surgiu no mês passado.
Bem, são apenas divagações em uma tarde fria e escura.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

classificados

Eu escrevo mal, mas com cada coisa que eu ando lendo por esse meio, estou me candidatando para ser ghost writer para celebridades que não saibam escrever mais do que uma linha (eu escrevo duas, então tu já vais sair no lucro).
Mantenho sigilo e transformo o seu bloguinho analfabetizado em uma referência de conteúdo e bom humor.

ser humano não presta

Essa música é para começar a chutar umas cabeças. Meu mau humor está no limite da raiva e da fúria, e vendo uma notícia sobre maus tratos aos cachorros em um canil municipal de São Leopoldo... bem... a minha paciência chega ao limite e volto a afirmar: O SER HUMANO NÃO VALE NADA!
Sou a favor do aborto, da esterilização em massa, da pena capital e de qualquer forma de extermínio de gente.
Começando pelo assassinato de políticos gaúchos, que não passam de um bando de medíocres, ladrões, corruptos e bastardos.


video

sábado, 23 de maio de 2009

coisas da vida

Algumas vezes algo acontece na vida da gente que nos faz mudar o modo de pensar. Realmente a vida nos da um soco na cara e perdemos o rumo.
Só que sou teimoso o suficiente para não me deixar abater.
Mas no fundo, a vontade é ficar sentado no chão.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

tem dias que a vida fica mais triste e tudo parece tão longe...

Uma música para uma sexta-feira de solidão e tédio.
video

quinta-feira, 21 de maio de 2009

INTER, INTER!


E aos poucos vamos em frente.
Se o timeco da azenha fala que é imortal, o Inter é MORTAL! mais um foi para a cova.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

filme azedo na feira doce... trocadilho infame!


E o nosso curta trash "DOIS BRANCOS, UM PRETO, UMA MINA E UM JAPONÊS", depois de ter sido censurado pela Fundação de Cinema do RS e não ter sido incluso no informativo da mesma (que demais... ser censurado em 2009!), vai ser exibido no festival de curtas da Fenadoce. Hehe... vai ser engraçado ver a cara das pessoas ao ver aquela tosqueira.
Bem que podia ter alguma vaia! Será muito mais engraçado do que passar em branco.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

a última banda que valeu realmente a pena



Todo mundo que me conhece um pouco, sabe que a melhor banda de todos os tempos pra mim é o The Clash, então é com enorme alegria que recebo a informação de um documentário sobre o Joe Strummer, vocalista do The Clash, realizado pelo diretor Julien Temple: "Joe Strummer: O Futuro Está para Ser Escrito".
É por isso que esses caras já foram chamados de a "última banda que ainda vale a pena". E depois de 27 anos do término da banda, eu continuo achando.
Quem acha que Green Day é punk devia se dar um tiro na cabeça (dentro da boca e não no ouvido, que daí é tiro certo).

sou DITADOR e só falo o que eu quero

Recebi um e-mail ontem perguntando o motivo de eu não falar mais coisas do meu dia-a-dia no blog. É o terceiro que eu recebo com um comentário parecido (até parece combinado?!).
Então, antes que mais algum biltre me mande outra pergunta do gênero, vou responder os meus motivos:
1º. não tenho 15 anos de idade, não sou debutante e isso não é um "diário da princesa";
2º. porque eu só escrevo as idiotices que eu lembro na hora;
3º. isso é um blog e não ganho dinheiro com isso (como sou mercenário, já deixo bem claro que se alguma empresa tiver interesse em me patrocinar, não dá nada... vendo meus comentários numa boa para favorecer "A" ou "B");
4º. não tenho que me preocupar se o meu número de leitores é pequeno;
5º. e por último, esse é um blog sobre nada para falar mal de tudo.
Ah... mais uma coisa, não digam para eu ler a revistaVeja, pois se tu acha que essa revista é uma boa fonte de informação... tsc, tsc, tsc... tu tá mal meu filho(a).

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Mio e Mao

Sempre gostei de desenhos animados, tanto que até hoje perco noites olhando os mais variados tipos de desenhos, desde a "Liga da Justiça Sem Limites", até uma "Família da Pesada".
Mas tenho que fazer uma ressalva nos desenhos para as crianças pequenas, principalmente se ligo a TV e vejo que está passando "Backyadigans". Me diz uma coisa, sempre falam que uma criança não deve ver um desenho violento, pois isso estimula negativamente o seu comportamento, o que vai acontecer com essa mesma criança que só fica vendo algo como os ditos "Backyardigans", sendo que todos os personagens se comportam de forma afetada e melíflua. Uhmmmm... uma geração de pequenos pederastas!
(obs: esse é o tipo de comentário que alguém não vai entender e vai me chamar de preconceituoso. hehehe)
Por isso que bom mesmo (e uma das coisas boas da vida é dizer "bom mesmo é...") é ver os desenhos do Mio e Mao. Para quem não conhece, ou não lembra, Mio e Mao era um desenho dos anos setenta, sobre um gato branco e um vermelho, feitos de massinha. O legal é que eles não caminham, eles se desmancham e se arrastam para outro lugar. Pra que usar drogas se tu podes ver gatos coloridos se dissolvendo na TV.
video

quarta-feira, 13 de maio de 2009

coisas boas dos anos setenta


Mais nostalgia... acredito que é a tarde de chuva.
Pelotas fica com uma cara mais interessante vista da janela da produtora em um dia nublado.
Mas o que eu quero comentar é que esse sim é um ótimo desenho animado. Um clássico!
Quem não lembra do desenho do "Milton - O Monstro" e consequentemente não conhece "O Mosco Heróico", não viveu, e quem é mais novo... tsc, tsc, tsc. Que vida de merda!
Amanhã comento sobre o "Mio e Mao" e o quanto dois gatos feitos de massinha são uma viagem maior que LSD.

GHB - o teaser

Em agosto de 2006 eu dirigi o curta "GHB" com roteiro do Leonardo Tissot e produção da Público Vídeo. Como esse ano estamos retomando a produção cinematográfica, resolvi mostrar algumas coisas desse filme, que mesmo tendo cometido alguns equívocos, tenho um carinho por ele, por ter sido o primeiro de toda uma cena que estava esquecida aqui em Pelotas.
video

pra variar, mais uma dos anos 80

Muita chuva em Pelotas... então, nada melhor que uma música para lembrar que a distância é uma merda e a solidão é um saco.
video

a cara de um salafrário


Sérgio Moraes, Yeda... tsc, tsc, tsc.
E alguém tem a coragem de falar que político gaúcho é ético. E não vem querer falar que o Pedro Simon é melhor do que eles, pois não é. O Simon não passa de um mentiroso que não toma partido de nada e está sempre se dando bem. Não é a toa que ele está no PMDB.

terça-feira, 12 de maio de 2009

realmente não dá certo

Eu já larguei de mão a política, já larguei de mão acreditar que alguma coisa vai melhorar e larguei de mão o fato de o Brasil ser um país decente.
Mas quando eu acho que nada pode piorar, me aparece um político gaúcho inútil e fala que a opinião pública não vale nada e que ele não se importa com ninguém.
Assim não dá! É por isso que eu não sou mais brasileiro e abandonei o fato de ser gaúcho (o povinho metido!). Com certeza, a única coisa que eu digo com orgulho é que sou colorado. Com certeza isso já é suficiente para eu ser feliz.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Começou bem


Time bom, bem montado e que quer ser campeão é assim, mesmo quando não joga bem, ganha. E quanto ao gol do Nilmar... maravilha! Quanto ao adversário: tsc, tsc, tsc, masi um que só sabe reclamar do passado. Oh perdedor, senta e chora!

sexta-feira, 8 de maio de 2009

modismos... ou, depois o ridículo sou eu!

Hoje pela manhã, ao ir para o trabalho, como faço rotineiramente, me deparei com um simpático casal que vinha na direção contrária. Nada demais, era um casal jovem, calculo que ambos na faixa dos 25/30 anos com carinhas de classe média feliz.
O detalhe que me chamou a atenção é que os dois usavam essas sandálias Croc (aquela merda que parece tamanco de holandes, só que de borracha), ela de amarelo e ele de preto. Assim não dá, depois falam que o meu cabelo moicano é que é ridículo!
Vamos acertar algo, se tu não trabalhas na cozinha de um restaurante, não é criança e nem é bailarina de folga... não me usa essa merda, pois é a legítima coisa que só quem é vítima da moda faz.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

os chatos da cultura

Minha gente, é por isso que gosto muito do André Forastieri. Olha lá no blog dele (http://andreforastieri.uol.com.br/) o que ele escreveu sobre a "Virada Cultural" em São Paulo. O título do post é "Eu Não Tenho Propostas Mas Também Não Tenho Paciência". Mestre!!!!
Com certeza assino em baixo.

o inimigo

O que tava bom ficou melhor ainda.
Olha só, o meu amigo "The Enemy" (paradoxal não?!) está com um blog novo, o texto continua ótimo, mas o visual ficou classudo.
Vai lá e confere no http://leonardotissot.com.br/blog/

uma canção para o fim

Essa música é dedicada a todos que estão pensando em suicídio hoje. Só vou pedir uma coisa: quem vai se matar, por favor, não deixa carta de despedida ou não avisa todo mundo que vai se matar. E se vai fazer isso, faz certo, pois a pior coisa do mundo é alguém que "tenta" se matar. Pois se nem se matar tu faz certo... nossa! Que fracassado... por favor, te mata de uma vez!
video

terça-feira, 5 de maio de 2009

bons sons de novo

Essa é para os fãs de britpop - aquele sonzinho que tudo que é banda britânica fazia nos anos noventa - e de rock inglês. A Universal tá lançando um álbum triplo com o melhor dessa década. A minha única resalva é por não ter duas das bandas que eu mais gosto (das quais tenho todos os discos), os arrogantes do Oasis e a banda sem classificação de estilo Blur. mas no mais tá tudo lá: Suede, Elastica, Stone Roses, Super Furry Animals, James, Echobelly, Paul Weller, Placebo, Kula Shaker, Gomez, Stereophonics, Marion, etc.
Vale a pena para quem já gosta e é uma aula para quem conhecer coisas boas.
Não adianta povo bunda: rock é só cantado em inglês!

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Gilmar Mendes

Que o Gilmar Mendes é um grande FDP todo o Brasil já sabe, então nem vou gastar minhas poucas linhas para falar sobre esse cretino ou sobre o chiqueiro que é o STF. Mas recomendo uma coisa: vejam o blog da jornalista Ana B. (http://cemmeiaspalavras.blogspot.com/), pois ela postou um material bem legal ali que trata sobre esse assunto.
E mais uma coisa, só por prazer (vai que um dia o Gilmar Mendes caia nesse blog ao procurar alguma coisa sobre o Nixon no Google): Vossa Excelência vai para a puta que o pariu!

sábado, 2 de maio de 2009

Nixon Vermelho: A banda! o resto nacional é tudo lixo.


Como já falei, esse ano quero retomar as coisas que me fazem bem, então voltei a lançar um curta (agora mais no meus estilo trash) e em breve vou estar dirigindo outro (também nessa fórmula violência e humor trash).

Mas o que mais tem me agradado é a idéia de voltar a tocar. Só que eu tenho um problema, os únicos amigos que tem um gosto como o meu, não moram próximo. A única solução é montar uma banda sozinho. Já comecei a compor alguma coisa pensando no estilo baixo, bateria eletrônica e barulhos adicionais.
Claro que vou ainda contar com os amigos: Adriano B. arruma um jeito de gravar uma bateria aí em Gramado!
Ainda é pouco e a coisa vai ser bem lenta, mas já é um começo.
A foto mostra a minha nova cara para a banda, ou seja: sem nome, sem rosto, apenas muito barulho.
Nome a banda já tem, o mais óbvio de todos: Nixon Vermelho.
Hehehe, que beleeeeza! Meu mau humor vai estar nos curtas, aqui no blog e nas músicas.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Carla Bruni

Sexta-feira, 1º de maio, feriado, uma tarde de sol.
Os dias são uma grande solidão, passo o tempo olhando o movimento dos carros na avenidade. No som toca The Cure, e aquela velha e conhecida alegre melancolia que sempre me acompanha, chega mais cedo.
Um vizinho escuta Carla Bruni, e eu penso em quem são as pessoas que gostam dessa moça. Ela tem dois discos ruins, uma beleza simpática, mas nada de mais - pelo menos nada que me chame atenção e é casada com o Sarkozy (que por sinal tem nome de arroz pronto).
Olha, artisticamente isso não vale bosta nehuma, mas o pior mesmo, só para deixar bem claro, é que os dois discos dela são muito sem graça.
Mas é engraçado, hoje em dia basta alguém gravar um disquinho no velho esquema "um banquinho e um violão" (e uma voz sem graça!) que as pessoas já acham o máximo.
TSc, tsc, tsc.
Vou voltar para a minha solidão que eu ganho mais.