segunda-feira, 31 de agosto de 2009

letra para uma música hardcore

Yesterday I kicked a few heads.
Yesterday I aimed my gun to his head.
Yesterday I pulled the trigger.
Yesterday the gun was discharged.
Life is funny ... I forgot the bullets.

Realmente o meu inglês é uma m*! Me sinto um chinês analfabeto.

frases e um espaço vazio na minha mente

Tô trabalhando, tentando escrever uma letra para o jingle de lançamento de um novo produto (um talco para os pés). Fico escutando zilhões de músicas e outros jingles para me inspirar, mas ao invés disso, minha cabeça só pensa em outras coisas que não tem a mínima ligação com o que eu tenho que dizer... ou fazer.
Vocês acham engraçado? Tá bem... vai tentar lembrar uma coisa importante e na tua mente só vem que o nome do cachorrinho do desenho animado "Brasinhas do Espaço" é Estrelinha. Não é fácil minha gente, não é fácil...
Mas o que eu tava pensando nesse momento é em frases sem sentido que eu escuto no dia a dia. Sabe, tem certas coisas que ao escutar eu acho muito engraçado. Como por exemplo:
"Hoje vou cortar meu cabelo". Como assim? Tu vai cortar o teu cabelo? Eu não corto meu cabelo, alguém corta pra mim! Não teria mais lógica falar "hoje eu vou ter o cabelo cortado"?
Ou uma clássica "o telefone não parou um minuto hoje". Ah tá... eu sempre imagino um aparelho de telefone correndo dentro de casa de um lado para outro.
Mas vá lá... eu é que penso essas coisas, as pessoas sempre brigam comigo por causa dessas minha observações mesmo. Acredito que ninguém entenda os literalistas.

domingo, 30 de agosto de 2009

falam cada coisa nessa vida

Algumas pessoas falam coisas muito ruins de mim. É uma pena, mas são coisas da vida.
Mas tudo bem, tirando aquela família de anões albinos que eu matei (ah... tenho culpa se confundi eles com um grupo de pequenos abomináveis monstros das neves) com tiros de fuzil... por acidente, eu nunca fui de fazer maldades.
E é pra essas pessoas que eu resolvi tocar uma musiquinha bem chorosa e cheia de gritos de desespero: "From Yesterday" do 30 Seconds to Mars.
E isso é porque até posso ficar triste com o que falam ou fazem, mas sou daqueles que chora e curte a melancolia, mas depois, toco a vida pra frente muito mais forte.
E só como curiosidade (apesar de todo mundo já saber disso), essa é a banda do Jaret Leto, um cara que acho um pusta ator. Quem não viu "Réquiem para um Sonho", onde ele faz o papel de um drogado, tá perdendo tempo na vida.
video

uma música, ou... mais um conversa minha sobre microfonia, ruido e amor

Essa música sou eu. Claro, como se isso fosse interessar pra alguém!
Mas em todo caso, se algum dia alguém perguntar "se tu fosse uma música, qual seria?", eu já teria a reposta certa pra isso: "Never Understand" do Jesus & Mary Chain.
Observação: na realidade eu tenho a resposta pra várias perguntas fundamentais, mas o saco é que ninguém me pergunta! Mas mesmo assim, eu continuo me preparando, vai que alguém me pergunte sobre porque se deve tomar suco de laranja (sempre suco de laranja rapaz!) na hora, ou porque Tesla e não Marconi é considerado o inventor do rádio, ou qual é a receita de penne ao molho de gorgonzola e pêra (que por sinal pode ser feita com maçã e fica maravilhoso). Sei lá... são muitas coisas e devo saber todas. Quando eu tiver uma filha, quero saber tudo e mais um pouco pra sempre esclarecer as dúvidas dela.
Mas voltando ao assunto...
E por que escolhi essa música? (mais uma pergunta que ninguém vai me fazer!)
Simples, porque essa música consegue ser ruido (não tem acento, essa eu já sei... droga, vai demorar uma vida inteira para eu lembrar essa maldita reforma ortográfica. por acaso eu me importo com o português de Portugal, ou de Angola?), consegue ser nervosa, consegue ser vribrante e me encher de energia. E ao mesmo tempo ela é calma, melodiosa e delicada e me enche de alegria.
Hunf... esse sou eu...
video

sábado, 29 de agosto de 2009

suco

Vocês já devem ter notado que a minha noção de alimentação saudável é meio bizarra. O saudável pra mim tá sendo tomar suco de laranja... hehehe.

e mais ainda sobre comida

Rapidamente, não que eu tenha outra coisa melhor para postar depois, mas vamos lá:
café da manhã, quatro rodelas de abacaxi, oito fatias de presunto gordo e um copo de suco de uva;
almoço, um suco de laranja e uma sfiha de frango;
lanche da tarde, uma H2O de maracujá (alivia nessa pois eu tava viajando, não tinha como comer bem né?!);
janta, um carreteirozinho legal com um feijãozinho mais legal ainda (comidinha caseira pra me redimir dos outros dias) e um suco de laranja;
e pra terminar o dia, vou tomar um copo de leite bem gelado com nescau.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

música pra emocionar

Essa música representa muito pra mim. E um dia vou contar como ela modificou a minha vida pra melhor.
"Use Somebody" do Kings of Leon.

video

E podem não acreditar, mas é ao escutá-la que começo a ter justamente aquela sensação de poder vencer.

comida do dia

Resolvi fazer um relato da minha alimentação e vou postar diariamente (acho eu) o que ando comendo.
Só para vocês saberem o quanto a minha vida é engraçada até na hora de comer.
Começo pelo dia de ontem (27/08/2009) e seguirei em frente.
De manhã um café preto, de meio-dia um suco de laranja (pelo menos era natural) e de noite um cachorro quente e de madrugada (vendo "Sunshine"... que filmão!), como já tinha informado, marschemellow.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

marschmellow

Essa noite vou comer marschmellow (ah... danou-se, tu acha que eu lembro como é que se escreve esa palavra?)!

mais bichos

Como ando com a mesma cara bovina de sempre e emagrecendo feito um camelo de beduíno (tô tentando lança essa expressão, mas ainda não vingou... tsc, tsc,tsc) por causa dos problemas, QUE NÃO VÃO ME DERRUBAR! Deus ô liiiivre, esse discurso otimista ainda vai me matar de vergonha quando eu estiver casado e a minha mulher lembrar dessas minhas frases só pra me sacanear: "hummmm, meu pequeno príncipe corajoso!" E pérolas do gênero que só a mulher da gente fala pra gente se sentir um gurizinho. E sabe que é legal essa sensação! Hoooo... shame on you Finard, shame on you... hehehehe.
Bem, para variar meu texto de introdução não tem nehuma relação com o resto. Não que algum texto meu tenha sentido em alguma parte... mas vou parar de novo, senão me perco, e ir direto ao assunto.
O que eu quero dizer é que assim como não entendo as pessoas que amam demais os seus cães e gatos, eu entendo menos ainda as pessoas que não gostam de cães e gatos.
Essas pessoas sempre falam "ah, mas eu não gosto de gato porque é um bicho sínico". Alguém pode me explicar o que significa essa frase???? Um gato (animal enquanto felino) sínico? Ou melhor, "não gosto de cachorro porque ele é servil de mais". Sim, e queriam que o bicho fosse um rebelde???? Uma versão canina do Planeta do Macacos???????
Para essas pessoas que não gostam de cão ou gato eu falo só uma coisa: eu não gosto é de escorpião que sobe pelo pé da cama e pode me picar e eu morrer envenenado, ou sei lá... tubarão! É... é isso mesmo, eu não gosto é de tubarão que arranca o meu braço enquanto eu tô nadando.
Oras, vão se preocupa com outras coisas!

terça-feira, 25 de agosto de 2009

bicho é legal

Eu gosto de cahorros, de gatos e na boa, gosto de tudo quanto é bicho. Gosto mais de bicho do que de gente, e se desse eu abria um local para pegar os bichos de rua pra cuidar.
Mas tudo tem um limite minha gente, gostar de bicho é uma coisa, agora, tartar os bichos como se fossem gente é rídiculo.
Assim como gosto dos bichos, tenho raiva de pessoas que fazem de tudo pelo seu "pet". E já desprezo qualquer pessoa que fale "pet".
O que que esse pessoal tem na cabeça pra comprar blusãozinho, pintar as unhas do pobre do cachorro, pintar o pelo do animal, fazer tranças e outras coisas bizarras.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

hippies hate water

A mais nova mania dos politicamente corretos para "ajudar" a salvar o planeta (alguém poderia salvar a minha vida dos politicamente corretos isso sim) é fazer xixi enquanto se toma banho, para economizar água. Até aí tudo bem, só por favor não vai mijar quando tu estiver prester a trnsar no banho com alguém! Claro que tu podes abrir exceção se seu/sua parceiro(a) adorar um golden shower... hehehe.
Mas a maior dos senhores e senhoras do "correto" é a idea (não tem mais acento em ditongo né? eu nunca lembro essa porcaria de reforma ortográfica) que é um primor para as mulheres: absorvente íntimo lavável. Ou seja... um modess de pano!
Ah... por favor! Quem é a mulher que vai usar isso? Só uma hippie suja, dessas que não tomam banho e usam aquela sandália de couro que veio da bahia e que fede feito merda.
E me desculpem as minhas amigas que simpatizam com esse modo de vida hiponga, mas como diz aquela música do Mucky Pup: "hippies hate water".

domingo, 23 de agosto de 2009

a religião, a fé e a minha ironia... o céu é uma coisa dos infernos!

Eu nunca fui muito de chorar quando estou por baixo. Sou daqueles que ficam quietos, não falam nada pra ninguém e sentam no canto do quarto para escutar música melancólica e ficar remoendo os demonios íntimos.
Não sei o quanto isso me ajuda, ou atrapalha na vida, mas vá lá... sou assim, sempre falando que Deus é pai mas que não reconheceu a minha paternidade. Então tá, por fazer ironias Jesus não me ama mais e tenho que me virar para carregar o fardo das minhas escolhas.
Eu acredito que eu sou muito jovem para me sentir tão velho assim.

scar

Eu sempre pensei que todo mundo precisa de alguém para viver, eu com certeza preciso de alguém para viver.
Não gosto de estar sozinho.
Não gosto da distância.
Eu estou feliz aqui, mas ao mesmo tempo tudo parece uma mentira, pois estou triste e penso em implorar para ter algo melhor do que já tenho.
Será que sou depressivo? Ou sou apenas um homem perdido em pensamentos sem sentido e ideias que não tem a mínima ligação com a realidade.
Talvez o tempo só demore demais para curar a cicatriz.

batendo a cabeça na parede


"Do you believe, leave the things that I admire
My mistake, to make tha stakes a little higher
No nothing's ever gonna be alright
And we invade because of your invite
Far out b. baby
Could don't stay away baby
The clashes don't come one in a million
Did you believe, leaveing me without no reason
Your mistakes,
I'm taking you out of season
Nothing really maters anymore
Only the sound of glass across the floor
Far out b. baby
Could don't stay away baby
The clashes don't come one in a million
Be a.s.a.p wouldn't bet a dime on me
The clashes don't come one in a million
I like things that you might copyright
No and I don't like
That you don't like
What we don't like
There's no one like us"

A letra da música é mais ou menos isso, pois além do meu inglês ser uma merda e escrever o que estou escutando sempre é um risco de eu estar escrevendo uma merda que não tem o mínimo sentido, sou um disléxico filho da mãe que escuta "V" e escreve "F".
A vida não é fácil filhote, quem diz que é tá te mentindo e quer te sacanear.

o que posso fazer agora?

Serei um homem melhor onde eu estiver. O mundo é que está errado!

medo


São 3h01min da madrugada de domingo, dia 23/08.
Um ótimo horário para eu comentar que estou de saco cheio de um monte de coisa e não tenho paciência pra todo um outro tanto.
A vida por si só pode se tornar um pesadelo.
E imagine então acordar no meio da noite e encontrar um pequeno ser como o da pintura acima, sentado no canto do seu quarto, olhando fixamente para você e dizendo com uma voz que parece um sussurro: "tudo pode piorar".

sábado, 22 de agosto de 2009

top ten

Nada melhor que um sábado à noite para falar sobre algo importante no mundo, pelo menos no meu mundo... música!
E como faz tempo que não faço minhas listas inúteis, hoje é o dia (ou melhor, noite) pra fazer mais uma dessas, com um tema ideal para um sábado em Santa Maria (meu primeiro neste meu retorno): top ten de músicas com teclado "pegando para emocionar".
1 - "The Sun Always Shines On TV" - a-ha;
2 - "Regret" - New Order;
3 - "Always On My Mind" - Pet Shop Boys;
4 - "Be Near Me" - ABC;
5 - "I Melt With You" - Modern English;
6 - "Enjoy The Silence" - Depeche Mode;
7 - "Souvenir" - OMD;
8 - "The Captain of Her Heart" - Double;
9 - "For A Friend" - The Communards;
10 - "Alive In Kicking" - Simple Minds.

MANHÃ TRANSFIGURADA


Fico muito, mas muito feliz mesmo ao ver o filme "Manhã Transfigurada" nas telas. Pensar que lá pelos idos de 2000 eu fazia parte do grupo de pessoas que começou a trabalhar esse projeto dentro da UFSM.
Mas meu caminho foi em outras direções e hoje vejo com um pusta orgulho o trabalho que o pessoal fez.
E com certeza meu maior carinho e admiração é com o Álvaro e com o Fabiano, que acreditaram nesse trabalho e levaram por muito tempo, até sozinhos e sem o apoio de ninguém, esse filme em frente.

rock é bom... muito bom!

Ontem, sentado na frente do mesmo computador de sempre, eu li que uma banda que eu gosto (uma das únicas que eu gosto no brasil - sempre com minúscula, pois esse país não vale nada - já que o rock nacional é pior que ketchup que não é picante), o (ou "a" como preferem alguns) Rock Rocket vai tocar no Macondo Lugar aqui em Santa Maria.
Olha, bem legal! Principalmente se eu for comparar com Pelotas, que vive naquele ranço de "cultura e intelligentzia" (hehehe) e se preocupa em se levar a sério e acaba fazendo sempre aquele discurso de MPB, sons latinos e eruditos... e dá-lhe show do Kleiton e Kledir, ou o Vítor Ramil (que é da casa).
Mas como ainda fico sem querer participar de eventos coletivos (sei lá, não confio no governo e acredito que a gripe A é um aviso da Besta do fim dos tempos), vou deixar para a próxima e ficarei escutando uma música em casa... sozinho!

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

a noite é escura pra você também


Sempre gostei de sentir medo. Ter a sensação de que algo ruim pode acontecer em poucos instantes sempre me deixou fascinado.
E sempre senti muito mais medo do que não podia explicar, não podia entender, como estar sozinho em plena madrugada, e ouvir vozes à noite. Vozes de crianças que se misturam em palavras profanas e cantigas obscenas.

uma hora o fim chega


Eu sei que você pode estar sofrendo, eu sei que você não me entende e que hoje quer meu mau, mas eu não podia ficar parado, eu tinha que tomar meu rumo (certo ou errado) e continuar a minha vida. Então se hoje você está triste, eu vou te pedir uma coisa: chora hoje, mas amanhã levanta a cabeça e segue o teu caminho. Nunca te quis triste, mas assim como eu errei, você também errou, e no fim... não dava mais certo, não dava mais nada.
Eu sei que você não vai entender, eu sei que você não vai acreditar, mas eu não quis que fosse assim.
E se você estiver certa, que minha morte seja lenta como você quer.

meus textos não tem mais sentido nenhum

E chega a sexta feira em Santa Maria. Na realidade, desde que cheguei, vai ser minha primeira sexta, meu primeiro final de semana aqui na santa terra.
E começa a tocar "The Mob Rules" do Black Sabbath (a única música que eu gosto dessa banda é com o Dio no vocal, o resto eu acho uma merda e sempre achei o Ozzy uma bosta!) e fico com a adrenalina zumbindo pelo corpo.
Não sei ainda o que fazer no meu tempo livre, pois passo pensando no meu trabalho e nas coisas que tenho que fazer. A única coisa diferente que fiz foi ir ao cinema ver um filme (óbvio né! ver uma apresentação de polca é que não seria) e dar uma volta pelo shopping novo.
Mas nesse final de semana vou me alongar nas minhas caminhadas pela cidade, parando de café em café, e já vou começar a falar mal de tudo. Normal né... se eu não fizer isso, não sou eu!
Segunda é meu aníver e percebo que ainda estou vivo (estou?) além da minha expectativa. Expectativa essa que eu tinha aos dezoito e imaginava que eu não passaria dos vinte um, e que coisa... pra ver só, ainda estou aqui! (estou? será que não passo do produto da imaginação de um pedófilo viciado em morfina?)
Hoje minha vontade é de comer Tiramisu.
Noções de mim mesmo e do que eu não sou, e quem eu era já se perdeu.
E saio para almoçar ao som de "Personality Crisis" do New York Dolls. Glitter, guitarras distorcidas, sexo e afetação para eu ficar rindo.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

quinta feira de chuva... mas a vida não é sempre assim?


"O que me tornei? Meu doce amigo, todos os que conheço vão embora no final. E você poderia ter tudo isso... meu império da sujeira".
Ah... poesia pura e tenho vontade de comer torta de maçã enquanto escuto as "unhas de nove polegadas", mas acabo lembrando que o café fica longe de casa e chove lá fora.
Trabalho em casa, fico na frente do computador tentando escrever roteiros e olhando TV o dia inteiro para copiar idéias para esses mesmos roteiros. Fico comendo biscoitos recheados sabor laranja e tomando Toddynho.
Essa semana não tenho gravação, então não vou viajar, meu objetivo agora é tentar me manter ocupado o máximo possível para não perder o foco nos roteiros. São quatro que tenho que escrever e as idéias não aparecem. Será que existe uma musa para inspirar roteiristas publicitários? Se existe a diária dela deve ser cara e se torna inviável nesse momento para minha pessoa.
The future is open wide, i'll stop the world and melt with you.
Já está escuro na rua e da janela do meu quarto, que eu transformei em escritório (ou seja, não é uma coisa nem outra... é uma pequena biblioteca que tem um baixo, TV, som, computador e minha cama), eu vejo as luzes do centro de Santa Maria. Começa a tocar "Geraldine" do Glasvegas, que é um Jesus & Mary Chain mais pop, e eu sinto que essa cidade me faz bem e que muita coisa boa vai acontecer comigo.
I see you need me, i know you do.
Mas ela não percebe que eu preciso dela também e segue seu caminho em direção oposta, mas vestida de preto ela fica linda e eu a sigo pela noite.
E nessa hora eu me levanto pego meu baixo e desisto de pensar.

filme de guerra... canções de amor? coisa daquela banda mesmo.



Estou curioso para ver o novo filme do Quentin Tarantino, "Bastardos Inglórios", que se passa na segunda guerra mundial. Vi o trailer e gostei do que vi, mesmo que o astro principal seja o Brad Pitt, acredito que o filme tem tudo pra ser legal, ou seja, violência, sangue, tiros, explosões, humor negro e mulher bonita, tudo isso embalado com uma trilha sonora fodástica.
Como curiosidade fica o fato de que um dos atores da película (ah... essa é pra tirar com a cara do pessoal que leva cinema como algo sério... hehehe) é o Eli Roth, mais conhecido como o diretor do filme "O Albergue" (que é bem fraquinho por sinal, o dois então... que lixo).
OBS.: a imagem acima é do filme original (acho que do anos 70... não sei, tô chutando).

o cara

Decidi que uma vez por mês vou postar essa música aqui.
Por que isso?
Porque essa música é para chorar baixinho sentado na cama, porque Johnny Cash é fodástico e porque eu quero! Que é o que importa!

video

E também serve como um tributo a um cara pouco lembrado por esse pessoalzinho que anda de preto e fazendo cara de mau, mas que não passam de um bando de filhinhos da mamãe.

terror com poucos sustos

Como falei, ontem fui ver "Arrasta-me Para o Inferno" do Sam Raimi. E o melhor que eu posso falar sobre o filme é que as salas de cinema desse Shopping novo de Santa Maria estão tri boas. Da poltrona corfortavel e reclinável, passando pelo som (ótimo e muito alto) até a projeção e a pipoca, tudo está dez.
Santa Maria precisava de algo assim.
Bem, e sobre o filme?
Hummm... ainda continuo com "Evil Dead" do mesmo sr. Raimi. Mas o final do filme é legal, eu consegui sorrir um pouco com duas cenas mais assustadoras (muito pouco assustadoras por sinal) e no final até que vale o passeio.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

minha vida é um filme de terror B


Como minha vida é uma piada de mau gosto, vou aproveitar para ver um filme de terror e rir um pouco com a desgraça dos outros.
Vou unir isso e já conhecer as salas de cinema (uma delas é claro, pois não vou assistir o filem em quatro lugares diferentes... dã!) do Royal Shopping ( ou Royal Plaza... sei lá o nome daquele troço, sou da opinião que quem viu um shopping viu todos - menos o pessoal de Pelotas é claro, pois lá não tem nem centro comercial... huahuahuahua), que dizem ser bem boas.
O filme escolhido "Arrasta-me Para o Inferno" do Sam Raimi. Amanhã faço meus comentários sobre o que eu achei do mesmo.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

fim e mais lágrimas de raiva e de dor

A separação é algo triste para todos. Ambas as partes ficam tristes, uma por ter sido "deixada", outra por "deixar", mas todos choram.
Eu nunca quis que meu relacionamento fosse dar errado, mas o que que eu posso fazer? Viver uma farsa e me envolver com outra mulher, ter amantes e não deixar a pessoa que está comigo?
Talvez fosse o que eu deveria ter feito, seria muito mais fácil e cômodo pra mim. Já tenho a fama de biltre e de lobo em pele de cordeiro, então se já tenho a fama, porque não usufruir da mesma?
Mas não, resolvi fazer o mais triste, dar um fim... e eu não queria isso, ninguém quer! Todos sempre imaginam que o amor vai durar para sempre e eu também pensei assim e tentei até o máximo que eu pude. Mas ela nunca vai entender, nunca!
E após partir, eu entendo a dor e a mágoa de quem ficou, mas o que leva uma pessoa a querer a morte da outra, a querer todo mal do mundo pra que tu te fodas na vida?
Orgulho eu acho, pois nãos entendo um amor que está dividido em brigas, separações e recomeços. Isso é vida? Isso é amor? Não acredito e não entendo o que isso pode ser. Amor eu sei que não é, mas o que será? Não sei, não sei, não sei...

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

mais uma semana


É isso:
"Bem vindo ao clube! celebrar o fim, seja feliz! Bem vindo ao clube! É tudo e é agora. toda a intensidade que sempre quis!
Tudo que quis!
Tudo que quis!"
Esse é o típico dia de semana na minha vida. Uma segunda feira de chuva e céu cinza como chumbo.
Tudo na mesma, mas cada vez com mais vontade de fazer as coisas acontecerem. E acredito que já estão acontecendo, pois o caminho faz parte da minha vida né?! É?
Porras sei lá o que eu tô falando. Mas freiras com armas são legais, melhor que isso só anões com serras elétricas ou palhaços com machados
Acho que devo ir comer alguma coisa... que vontade de comer Amanditas!

sábado, 15 de agosto de 2009

futebol e fúria


Que beleza, o D'alessandro pegou apenas cinco jogos de punição (poderia ter sido pior, pois o gancho seria de 14 jogos) e dia 02/09 poderá jogar contra o Atlético Mineiro. E olha, mesmo com a punição, até que valeu a pena, só pelo fato de ele ter chamado pra porrada aqueles fresquinhos do curíntia e as marrequinhas terem saído correndo.
É isso aí, quando a gente ganha, passamos por cima, se a gente perde... vamos levar uns dentes deles juntos... hehehe.
E pra quem fala mal do Cabezón, esperem ele voltar. Com a raiva que ele tá, vamos passar por cima e marcar os outros com as travas da chuteira.
"Você é covarde demais pra entender o quanto é intenso"!
Ao som de "Speed" do Atari Teenage Riot.

violência

Nunca vou ouvir suas regras e nunca vou fazer o que os outros fazem.

Fique sabendo que o que eu quero tem que partir de você.

Faço o que eu gosto e gosto do que eu faço.

A batida da bateria aceleraça o meu ritmo. O som da AK-47 é música em meus ouvidos. Pedaços de carne vermelha contrastam contra o céu azul.

Uhmmm... será essa a solução, será essa a droga perfeita?

estrada

Nem sentei em Santa Maria direito e o trabalho já me levou para outras cidades. Já começo a pensar que vou passar boas horas da minha vida na estrada, e essa idéia me agrada, pois é um momento para "pensar longe" enquanto observo a paisagem e o vazio da estrada.
The Clash no fone de ouvido e apago os meus pensamentos.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

raiva

Em uma frase vou traduzir o que tenho pensado deste que cheguei em Santa Maria: "You gotta fight for your right to party"!
O pessoal do clube dos cinco vai saber de onde saiu essa frase e vai lembrar exatamente o tipo de festa que a gente gostava no saudoso ano de 1986 (1986! eu tô velho mesmo...).
Acredito que isso é reflexo da chegada na cidade.
Mas mesmo assim, tem algumas coisas que me fazem ficar triste e que me machucam. Eu sei que alguém sofreu e isso dói.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

meu mau humor é bom

Ah, e para não parecer que sou tão brabo assim, vai a primeira observação da cidade.
Hoje de manhã, estava eu parado em um dos pequenos shoppings desse pacato município, esperando o meu café, quando escuto o diálogo de duas senhoras santamarienses:
"Sabe fulana, depois que me aposentei, meus problemas viraram uma bola de 'neves' (sic) e nada mais melhorou".
Nossa, fazia muito tempo que eu não ria assim, eu me apoiei na mesa do café e chorava de tanto rir ao imaginar o Tancredo, o Aécio, a Risoleta e todo o clã dos Neves rolando, embolados, nus ladeira abaixo.
E só de lembrar das senhoras eu já fico rindo.
Ah... como é bom ser chato assim... hehehe.
Ao som de "This is The Day" do The The. Eu até estou sorrindo agora.

FÚRIA


Começo da primeira semana em Santa Maria e minha trilha sonora tem sido Motley Crue, Nine Inch Nails, Killing Joke, The Exploited, AC/DC, Rancid, Andrew W.K., Atari Teenage Riot, Backyard Babies, Sex Pistols e outras coisinhas para levantar os braços, fechar os punhos e ficar pronto pra luta.

Por que lutar? Bem, digamos que estou pronto para tudo que vier de ruim.

Estou mais irônico do que nunca, mais mal humorado e de saco cheio de esperar as coisas acontecerem.

O lado bom? Essa cidade me faz muito bem, não sei direito o motivo, mas tem alguma coisa no ar (além da gripe A é claro) que me dá vontade de fazer coisas novas.

E mais, já recebi o primeiro convite dos amigos para se reunir e bater um papo regado a cafés e taças de vinho. Ah... de volta a vida!

E me desculpem aos que ficaram, mas FUCKAOF MODAFOCKA!!!!

"Quando eu caí e beijei o chão, vi em seus olhos algum brilho de prazer. Rastejei por algum tempo, entenda, isso foi muito bom pra mim, pude encarar minhas verdades..."

E ao som de "Alternative Ulster" do Stiff Little Fingers eu posso gritar que hoje eu tenho uma fúria positiva dentro de mim. E essa fúria, essa coragem, acontece por eu saber que tem alguém que está longe de mim, mas que me ama muito e quer ficar comigo mesmo com as dificuldades que ela estamos passando. Pra ser feliz eu vou lutar e ganhar essa na porrada!
Huahuahuahua... digamos que esse texto é o discurso de um motivador possuido pelo cão.
Obs.: e tenho cerrteza que a pessoa que me referi nesse texto, como sendo a razão do meu amor e da minha vontade de lutar vai odiar o que eu escrevi.

sábado, 8 de agosto de 2009

INTER


Não tinha comentado nada sobre futebol essa semana pois tava em função da mudança, mas agora já posso tentar voltar a normalidade.
Bem, o Inter ganhou a copa Suruga Bank. Não vale nada, mas é mais um dinheiro no cofre do Clube e mais uma divulgação internacional para o time.
E no final das contas, é melhor ganhar do que não ganhar nada como certos outros times de Porto Alegre, que só comemoravam vaga.

casa nova

E cá estou eu em Santa Maria. Em breve reclamando da vida e de toda a cidade.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

o último

Último dia em Pelotas, último post em Pelotas. Mas devo dizer que na hora "H" penso em não ir. Só que não mudo de opinião depois de ter falado algo (eu sei, eu sei, sou burro) e por isso sigo adiante com meus planos.
Na verdade não me entendo, sei que vai ser melhor pra mim, mas ao mesmo tempo fico com aquela sensação de quem vai embora derrotado e não conseguiu. Mas isso passa e vou conseguir tudo o que eu quero.
Semana que vem começo meus textos mal escritos em Santa Maria.

aos amigos

Hoje é meu último dia em Pelotas. Vou para Santa Maria recomeçar minha vida. Vou cheio de esperanças de que o futuro vai ser melhor do que o presente, mas mesmo assim vou embora triste, deixando para trás alguns momentos que foram fundamentais na minha vida. Mas a vida é assim... e eu até gosto. Hoje tenho uma certa melancolia, mas amanhã, bem, o amanhã vai ser FODÁSTICO!
Vou dedicar esse singelo e agradável (nem parece eu escrevendo) post aos meus amigos: Adriano, André, Ieda, Gustavo (valeu o telefonema de tão longe meu veio!), Marcelo (Tutu, tô chegando aí em Santa Maria Meu caro! Será esse o recomeço do clube dos cinco?) e Leonardo (O Inimigo!), que me dedicaram seu tempo e atenção com palavras que me fizeram ver o quanto não vale a pena desisistir. Amo vocês de coração!
Agora chega de putice... e eu já volto com meu mau humor e ironia de sempre... ah, que beleza!

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

mau humor

Se alguém tiver vontade de me ler, que leia, mas não quero mais saber de cometários.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

música

video

Já falei dessa música. É para sorrir numa bela tarde de sol na praia. Sabe, aquele tipo de dia em que tu sentas e apenas fica olhando o movimento e o pequeno colorido do dia.

uma mola passou em minha vida

Esse cara não é um personagem do desenho do Naruto? Esse é um sinal de paz? É um pedido de "não joga nada na minha cara"?

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

para afastar o medo

Eu procuro alguém, eu preciso de alguém.
E sabe, eu preciso de alguém como você para gostar de mim.

sábado, 1 de agosto de 2009

uma música que me fez sorrir hoje

"Time to Pretend" do MGMT, é uma música que tenho escutado muito ultimamente, acho que além do ritmo me deixar de bom humor, a letra me fez rir um bocado. Algumas bobagens ao melhor estilo tô nem aím com a vida!
Como eles cantam: "Nós fomos predestinados a fingir. Sim, sim, sim."

tudo tem seu tempo

Chove em Pelotas e este é meu último final de semana nessa cidade. Vou agora para Santa Maria, minha terra natal, e lá espero acalmar meus demônios intestinos.