domingo, 19 de fevereiro de 2017

3 fatos sobre bolsonaro

Algumas coisas sobre o ignorante que ficam bajulando:


  1. Bolsonaro já foi processado e condenado por ofensa e apologia ao estupro e sua "pena" foi pagar R$ 10.000,00 ( o que, convenhamos, não é nada para um boçal como ele);
  2. já foi condenado a pagar R$ 150.000,00 por declarações contra homossexuais;
  3. foi denunciado em Haia por defender a tortura (que só pelo fato de ser denunciado em um tribunal internacional, já demonstra o quanto ele é uma pessoa ignóbil)
Mas assim, se tu, mesmo lendo isto, concorda com o Bolsonaro, estás livre para votar nele. 

Só que tu sabe que ao fazer isto tu estás assinando que também és uma pessoa racista, homofóbica e deveras burra.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

nada vai melhorar no brasil... nunca!

Vivemos em uma país tomado por violência.
E você sabe de quem é a culpa?

Nossa!

Isso mesmo, a culpa é minha e sua.

E sabe quando isso vai melhorar?

Nunca!

Ou melhor, talvez um dia melhore, mas será apenas quando a discussão sair do nível "o PT é melhor que o PMDB", "o PMDB é que melhor", e coisas afins.

Do contrário, enquanto tudo se resumir ao "meu partido rouba menos que o teu", vamos continuar vendo seu filho ser morto, sua filha ser estuprada, sua esposa ser assassinada, seu marido ser esfaqueado todos os dias e noites.

E continuaremos sendo culpados por isso tudo, pois votamos sempre nas mesmas ideias, mesmo que elas sejam arcaicas, e discutimos economia a partir da concepção do "quanto posso lucrar com isso aí".

Brasileiro é egoísta e ignorante e isto nunca vai mudar, consequentemente nada vai melhorar.

E tanto não vai melhorar, que posso demonstrar isto com uma palavra: BOLSONARO!

Se esta é a solução que uma parcela da população acredita ser a melhor para o país... bem... isto só confirma que todos somos imbecis.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

pensamentos vagos para uma sexta de trabalho ameno

Mulheres que não sabem andar de salto, não devem andar de salto. Quando o fazem, parecem um patinhos caminhando torto.

...

Cansei de papos sobre a justiça no Brasil. É sempre a mesma coisa e já sei que não vai melhorar, então, ou parem de mimimi ou comprem armas e façam uma revolução, pois ficar com este papo de que a esquerda é diferente e vai salvar o país e que tá todo mundo contra o PT já fodeu o cu do palhaço de pano.

...

Tô chegando em um nível tântrico de ironia, onde não me importo mais com as implicações sérias das situações e só penso na piada que aquilo pode virar.

...

Pessoal que fica reclamando que o Lula (infelizmente) será candidato novamente, deveria deixar de lado o barbudinho de nove dedos e arranjar um candidato descente, pois se ficarem achando que o Bolsonaro e o Aécio "platinado" Neves são a solução... olha, é derrota na certa.

...

"A chuva cai
a menina e a chuva
eu e a motocicleta
a menina e a chuva
avançando sinais"
(rolando nos fones neste momento... hehehe)

...

Educação é algo raro atualmente.

...

Nunca tive tanto asco de gente covarde como agora.

....

Não sou de ficar olhando pra trás. Só faço isto para lembrar de coisas chatas que devem ser vingadas nos dias de hoje.

de bobeira olho

Uma senhora muito elegante senta na mesa ao meu lado (tu entende que ela não sentou na mesa, apenas é o modo de falar) e pede um chá. Ela usa um vestido muito adequado e elegante para o momento (são 17h16min) combinando com um belo calçado em um tom rubro.

Ela toma seu chá solitariamente, quieta, olhando ao longe. Reparo que em nenhum momento ela pega o celular. Em determinado momento tira uma revista da bolsa (me parece uma revista de decoração) e folheia distraidamente.

Por que estou prestando atenção nela?

Simples... a vida tá tão cheia de gente chata que fica gritando e fazendo fiasco pra tudo que lê nas redes sociais, que ao ver uma pessoa polida, educada e gentil no tratamento com todos, e mais... que não fica vivendo a vida pelo que é comentado na internet, que acabei me espantando.

Pra ver só... que mundo triste é este.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

nada a ver viver no brasil

O Brasil está cada vez mais violento e o céu demonstra o desapontamento com o caminho do lixo.
Não tem como ser feliz se não temos dinheiro para comprar a nossa liberdade.
Então esperamos e esperamos e esperamos... por alguma solução celestial, mas o Eterno não se importa conosco.
Abaixe a sua arma.
Pois já levantei minha mira contra sua família.
O domingo voltou a ser sangrento e a culpa é do presidente da nação, que apoiado por militares reformados se estabelece numa montanha olímpica de poder e ganância.
Classe média idiota, preocupada com o jardim da sua casa e suas janelas bem pintadas.
Do outro lado, rebeldes imbecis que ainda gritam palavras sobre um comunismo retrógrado e sem futuro. Rebeldes estes que não produzem nada, não criam nada e são apenas um estorvo que alimenta o populismo de partidos de esquerda.
O Brasil é um país pobre, formado por uma população de corruptos que se acham espertos.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

o humor islandês é superior (e um salve, salve, alvissareiro por existirem lugares no mundo que não são pautados pela censura)

Você conhece o islandês Hugleikur Dagsson?
Pois então, se você não é politicamente correto, não tem nojinhos e não se preocupa com os limites do humor, procure conhecer.

Dagsson é um autor da Islândia, escritor e desenhista dos comics mais ácidos que já vi. Seu humor é de uma verve crítica e ao mesmo tempo nonsense, que não poupa temas como pedofilia, violência, religião, Deus e incesto, só pra ficar no mais básico.
Tive a sorte de comprar um livro dele - "COMO VOCÊ PODE RIR DE UMA COISA DESSAS? (Ed. Veneta, 2014) - ontem à tarde e já vou entrar em contato com a editora de São Paulo, que é quem publicou o livro no Brasil, pra ver se as outras obras dele já foram ou serão lançadas aqui na república das bananas.

Em um tempo em que o politicamente correto toma conta do mundo e falar qualquer coisa vira uma guerra ideológica, ler um livro como este dá um sopro de vida inteligente e sem censura.

Você deveria ler, mas fica a lembrança: Dagsson é um livro para os fortes.

Obs: não recomendo este livro para pessoas politicamente corretas, membros da Opus Dei, esquerdistas de carteirinha, maçons, famílias "de bem", seguidores do Bolsonaro, filiados ao PT, evangélicos e afins.
 

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

um texto corrido pra falar sobre uma hora da minha vida corrida e os atropelos que sofro devido ao bom humor do ser supremo que se diverte com minhas atrapalhadas

Saio correndo de casa, por estar atrasado, me dirigindo para uma reunião com um cliente. Entro no carro - como passageiro, afinal, os outros devem ser motoristas pra mim e não o contrário - e percebo que esqueci a pasta com a apresentação que eu faria. Peço (reparem que eu disse "peço" e não "mando", pois pra ser líder não preciso ser mal educado) pra parar e volto para o apartamento voando (não literalmente! poxa, acho que tu devia parar de fumar maconha...). Subo as escadas de três em três degraus, abro a porta, pego o material e desço pulando os lances de escada. Saio do prédio, entro no carro e peço (novamente "peço"... eu sou um lorde) pra correr até o centro de Santa Maria. No caminho um gordo (ah... desculpa, é feio falar gordo. Obs: falar gordo é feio, mas o cara não fazer exercício e morrer entupido de tanto xis não é feio. Tá bem...) numa CG 125 tranca todo o trânsito na avenida Presidente Vargas. O que já é deveras hilário se eu fizer um paralelo entre gordura e ocupar espaços. Mas no caso, ele trancava tudo por causa da motinho dele, que ia no meio da rua, não deixando ninguém passar. Quando conseguimos passar por ele, um soldado, sei lá de que patente (e não, não estou fazendo comparativos com vasos sanitários), digo soldado apenas por ser um militar do exército brasileiro, esta na sua moto (outra moto? Cara, parece perseguição comigo!) RD 350 da Yamaha, andando como se fosse o Duque de Caxias desfilando na frente da sua tropa. Digo para a motorista passar por cima dele, pedido meu recusado pela mesma, que prefere ficar três quadras atrás do Marechal Deodoro de duas rodas, até conseguir ultrapassar. Cara, só pensei... por isso que o Exército  do Brasil não pode pegar o governo da nação... se os caras não dirigem direito nem no trânsito, como eles vão dirigir o país? Mas voltando ao meu périplo... após duas motos tranca rua no melhor estilo exu, me deparo com umas das piores coisas de Santa Maria, o seu planejamento viário! Povo, se tem duas palavras que não combinam é "planejamento" e "viário" nesta cidade que tanto amo. O trânsito em Santa Maria parece que foi planejado por um cego ou por uma criança de 4 anos, ou por uma criança de 4 anos cega. É um tal de ônibus em ruas que não deveriam ter ônibus, semáforos completamente sem programação, fazendo com que na mesma rua tenhamos nos deparado com todas as sinaleiras fechadas. Ou seja, um caminho que poderia ser feito em 10 minutos, demorou o dobro do tempo e um frango assado a mais. Mas mesmo com tudo isto, cheguei na hora no cliente. 5 minutos antes da hora marcada eu já estava sentado na sala de reunião, com o material organizado e o tablet com o vídeo no ponto para ser apresentado. E o mais legal de tudo? O cliente se atrasou meia hora! É ou não é divertida a minha vida?

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

a falta de educação das pessoas

Uma das coisas boas em meu trabalho é que tenho a liberdade de fazer reuniões em cafés, restaurantes e afins. Com isto, tenho o tempo de ficar observando a fauna ao meu redor.

E nestas observações da vida, acabo de presenciar (são 17h06min desta segunda-feira, 06/02, ano do nosso Senhor) um senhor aposentado - calculo que por volta de uns 75 anos - sendo grosseiro, estúpido e incrivelmente ignorante com a atendente do café onde estamos.

O velhote - e tomo a liberdade de chamá-lo assim, afinal ele foi um pulha - brigou com a menina por que ela falou que não poderia servir o café com ele de pé e pediu pro biltre sentar em uma mesa.

O velho foi tão estúpido que ofendeu a menina mandando ela e o proprietário do café "irem tomar no cu".

E aí eu te pergunto: o que um idiota desses merece?

A) tomar um café batizado;
B) tomar um café fervendo pra queimar o céu da boca;
C) um infarto fulminante.

Sabe, eu fiquei tão chateado que a minha vontade foi a de levantar da cadeira e dar um soco na pleura do velhote. Mas daí pensei... não vale a pena... a morte já tá vindo buscar ele mesmo.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

mais umas das minhas críticas fundamentais: SANTA CLARITA DIET no Netflix

Pra quem não sabe, SANTA CLARITA DIET estreou ontem no Netflix e pra mim já é a melhor série de 2017. Eu sei, eu sei... tenho calendário em casa e sei que recém é fevereiro. Mas mesmo assim, bato o martelo pra dizer que tu tens que ver esta série.

Só um adendo: cada vez mais a Netflix confirma que a TV está ficando pra trás na ideia de apresentar algo de qualidade.

Continuando...
com um elenco encabeçado por uma Drew Barrymore maravilhosamente cômica e tendo como ala o competente (nada anormal, mas perfeito como escada para o humor da protagosnista) Timothy Olyphant, a série acerta o passo ao unir um humor negro, incluindo cenas de animar qualquer fã de filmes gore, com uma lado comédia família digna de sitcom semanal.

É pra quem gosta de rir de coisas nonsense e não tem nojo de ver pedaços de carne humana sendo jogados de um lado para o outro.

Obs: prestem atenção na jovem Liv Hewson, que faz "Abby", filha da personagem de Drew Barrymore.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

um pequeno conto sobre poder

Eu sou a alma que percorreu os tempos, habitando vários corpos escolhidos. Lutei por eras superando os fracos e mostrando que os líderes não são nada perto da minha vontade soberana.
Eu sou o homem que corrompeu a pureza de Eva, que prendeu os pregos na cruz de madeira, que derrubou os anjos do altar celeste e riu no fogo nuclear.
Percorro as eras mostrando que a força e o poder são supremos sobre os seres. 
Já fui um messias e um assassino e sempre caminhei pelo caminho da minha verdade.
O meu presente para vocês é o ensinamento da fúria. Mudarei a alma de vocês para que acordem e vejam que o mundo é feito por quem vence e domina.
Eu sou a força primal, o grito animal, o gozo seminal que cria vida no ventre das mais belas.
Meus olhos são de sangue e meus dentes estão afiados, prontos para comer a sua carne.
Eu sou o martelo do deuses.
Sou a única justiça
Sou aquele que você não ousa dizer o nome.

pensamentos vagos em um começo de tarde.

Vejo que o indivíduo é burro quando mando e-mail pra ele falando sobre assunto "X" e ele me responde "cebolas" nada a ver com a minha pergunta.

...

Toda uma festa sobre a Lava-Jato e depois de dois, três anos, ninguém foi preso e tudo só piora.

...

Trump = Obama

...

Toda vez que vejo alguém falando "acorda Brasil" para falar algo sobre política eu já sei que é um demagogo ignorante.

...

Tenho orgulho de ser um cara que se veste do jeito que quer e não se preocupa muito com moda.

...

Esta moça, Fabiane Vasconcellos, https://www.facebook.com/JornalistaFabianeVasconcellos/?fref=ts deveria ganhar o prêmio de jornalista sem ética e sem caráter.

...

La La Land é um lixo!

...

A Glória Maria deve ter mais de cem anos já.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

mais uma crítica fundamental para a tua vida

Com um mês de atraso vi o o filme A CHEGADA. E não foi no cinema em Santa Maria, sinal claro de que esta cidade que tanto adulo, não tem salas de cinema suficientes.

Sobre o filme: olha... no começo o diretor Denis Villeneuve (do maravilhoso SICÁRIO. se tu não viu, para o que tá fazendo e vai ver. Tem no Netflix!) parece que vai escorregar num dramalhão piegas. Mas só parece, pois o que começa com uma levada chorosa, toma forma e engrena num filme pra pensar, prestar atenção e admirar.

O roteiro acerta em cheio ao apostar na comunicação entre as formas de vida diferente e na teoria linguística de Sapir-Whorf (não sabe quem são? então vai estudar!).
E tudo se desenvolve num vai-e-vem de cenas que fazem com que atenção do espectador fique imersa no filme.

Outro ponto forte é a personagem principal do filme, interpretada de forma contida e impressionante pela Amy Adams. E olha que sempre a vi como mais uma ruivinha bonitinha pra comédias-românticas. Confesso meu erro e assumo (não é este tipo de assumo ô seu fofoqueiro tarado) que a Amy Adams está perfeita no papel e não vejo outra pessoa no filme. 
Todo elenco é bom, mas ela é destaque e depois que tu olha, teus olhos não desgrudam mais dela na cena.

Resumo da minha crítica: VAI VER ESTE FILME ONTEM, OU HOJE, OU AMANHÃ! 

Obs: e depois de ver o filme vais entender o motivo de eu ter falado isto.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

voltando para a literatura

Em dezembro do ano passado eu comecei a escrever um livro de ficção sobre um futuro onde não existirá exército e os países contratarão mercenários para os combates. 
A história começa assim:

"Meu nome é Andres Diena, sou um soldado da fortuna, ou mercenário, como alguns comumente me chamam.
Nasci em Buenos Aires, filho de um judeu italiano e uma argentina ultra católica. Meus pais se conheceram nos anos 60 na extinta União Soviética. Ambos trabalhavam, ele como físico e ela como médica geneticista, em um centro de pesquisa voltado para projetos de armamentos nucleares de pequeno porte."

E por aí vai... minha dúvida é: escrevo todo livro e mando para alguma editora; tento publicar; ou vou publicando os capítulos aqui semanalmente - como uma novela?

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

uma tarde triste

Hoje foi uma tarde triste. Vi um amigo, um irmão chorar.
A morte fria o tocou.
Nada posso fazer para diminuir a dor que ele sente, então penso em pedir ajuda para algum Deus que se importe com a dor da perda e que faça meu abraço ser o mais acolhedor, que eu tenha as palavras certas para dizer, que meu olhar seja pacificador e que tristeza encontre o seu fim.

Espírito, que minha alma seja forte, e me ajude acender o fogo que iluminara esta estrada tão escura. Me ajude, me ajude, me ajude a carregar esta chama que afastará o pensamento sombrio.

Alguém um dia me entenderá, assim como as estrelas que me cuidaram quando vivi dentro de um hospital, apenas contando com a minha força e a minha fé.

Agora posso começar novamente, recebi um dom e me fortaleci. Levantei da cadeira velha e chutei todos os inimigos, soquei os sicofantas e maledicentes, venci a escuridão e me fortaleci.

O "X" na mão direita... o "V" na mão esquerda e a certeza de que quebrarei tudo por você meu irmão.

Meu Senhor, guie meu caminho e me ajude, pois meu amigo precisa de mim...

...e hoje minha palavra faz a diferença.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

uma lista sobre coisas que acho de mau gosto

Tem certas pessoas que acreditam que o bom gosto está associado ao luxo. Eu já vejo as coisas com um outro ponto de vista, pra mim, bom gosto tem a ver com a cultura e o intelecto da pessoa.

Introdução feita, comento com exclusividade pra você amigo(a) leitor(a) do meu estimado blog, sete coisas pitorescas que acho de péssimo gosto:
  1. abrir o closet para revistas de coluna social e ficar fazendo pose em fotos com dúzias de pares de scarpin e casacos;
  2. rebaixar o carro até ele ficar arrastando no chão;
  3. comprar e exibir produtos caros sem entender da qualidade dos mesmo;
  4. se vestir de forma desapropriada ao local em que está;
  5. falar alto em locais públicos;
  6. atender o telefone em locais e/ou situações inadequadas;
  7. tirar fotos/selfies em locais e/ou situações inadequadas
Val Marchiori
um ícone do que é ser brega
(olhem a combinação nudez+casaco caro+anéis gigantes)

o que é este animal todo em plástico?
e fica mais estranho ao lado do cavalo artificial

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

desculpa frank

Mestre!
Eu cometi um erro hoje, ao comparar Frank Underwood com os políticos brasileiros. 

Desculpe por isto Frank, você não merece ser comparado com covardes como Temer, ladrões como o Lula, corruptos como Padilha, viciados como Aécio, incompetentes como Dilma e entre tantos boçais e idiotas da política brasileira. 

E sinto dizer, desculpe-me se vou te irritar, mas se tu acha que "teu" político é diferente e é honesto, você só pode ser uma destas coisas:
  1. inocente - tu é só mais um do rebanho pra ser usado como massa útil para o interesse político do "teu" candidato;
  2. ignorante - como tu não conhece nada da realidade, vota acreditando no que o "teu" candidato fala;
  3. burro - por ser um imbecil que não entende nada do que lhe é apresentado, não raciocina ao ler uma notícia e consequentemente acha que o "teu" candidato é honesto;
  4. mau caráter - já que tu és um sem vergonha e desonesto, claro que tu votas no "teu" candidato, que tem um comportamento ético tão podre quanto o teu.
Resumindo: Frank, desculpa, tua inteligência está anos luz destes políticos corruptos do Brasil.

bons sons para estes dias de brasil mais besta do que nunca

Alguns sons que representam bem o que o Brasil é e vai continuar sendo. Parem alguns minutos, escutem estas músicas e vejam como as letras dizem o lixo que é esta república das bananas (e de bananas)

Legião Urbana - GERAÇÃO COCA-COLA

Detrito Federal - TÁ COM NADA

Inocentes - PÁTRIA AMADA

Legião Urbana - PERFEIÇÃO

Ira! - PEGUE ESSA ARMA

o teor da teoria sobre teori

Algumas coisas sobre o falecimento do Teori e o acidente de avião.

esta figura não tem nada a ver com o texto
mas achei muito de bom tom o gatinho
fazendo seu cocozinho no vaso.
Desde de ontem estou lendo, vendo, ouvindo muita bobagem de pessoas pró ou contra o Temer e consequentemente sobre o PT.

Teorias conspiratórias já surgiram e me diverti criando um tanto a mais de teorias com seus "culpados" e "assassinos". 

Se isto é real, não me importo, o que sei é que tem uma família sofrendo e muito com a morte do seu pai, avô, amigo, etc.

Que é suspeito é, afinal, se tivesse acontecido a mesma coisa na Argentina, ou Chile, ou Rússia, de que o responsável por um julgamento que compromete políticos importantes morreu em um acidente de avião no dia que seria revelado uma grande lista de envolvidos em crimes... bem, tu, eu e a mãe do Papa desconfiaríamos de queima-de-arquivo.

Então... pode ser o caso do Brasil.

Quem diz que não mataram o Teori? Eu não digo que sim, mas também não digo que não!

Sendo assim, posso dar uma de Xeroque Holme e dizer que quem matou o Teori foi o Temer, com ajuda do Lula e patrocínio do Aécio.

Afinal, quem mais lucra com este morte? Simples, todos os partidos.

E se não foi? Bem, quem se importa!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

um exemplo de coisa que me irrita muito

Algo que me deixa muito irritado, mas irritado mesmo, é a pessoa que paga de "correta".

Sabe o que eu tô falando?

Tô falando do tipo de gente que, quando eu chego de manhã já cobrando algo de trabalho, chega e diz: "primeiramente bom dia Mário".
menos papinho de paz
e mais ação
Pouts!

Cara, eu tenho raiva de gente assim. 

Esta pessoa é aquela que me fala que eu devo usar só uma toalha de papel pra secar as mãos pra preservar as árvores e que não devo comer carne pois estou sendo um assassino de animais ao fazer isto.

Olha meu amigo, quer se mostrar importante, inteligente e diferenciado pra mim... FAZ O TEU TRABALHO BEM FEITO!

Do contrário, tu é apenas mais um(a) pretensioso(a) que acredita que fazer abaixo-assinado no Facebook vai resolver alguma coisa  no mundo. Só que pôr as mãos no serviço e fazer o que deve com dedicação e competência, daí já é mais difícil.

Então, não me torra a paciência, para de abraçar árvore e vai trabalhar! 

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

e tá na mão mais uma crítica do NIXON VERMELHO (de um filme que já não é lançamento, mas que vi só agora e que se tu fores inteligente vai ver também)

Quer ver um filme bom?

Pois então, veja O CONTADOR.

Roteiro preciso, elenco - encabeçado por um ótimo Ben Affleck - perfeito e direção correta e sem frescuras, ou seja, um ótimo filme pra uma noite de janeiro.

Sem mais, vai lá e assiste pois tô falando que é bom.

domingo, 15 de janeiro de 2017

tá na hora de mais uma crítica construtiva do NIXON VERMELHO (o bardo do cinema e TV que você tanto ama e odeia)

Na madrugada assisti o filme O VAMPIRO DE BLACK WATER (no Brasil também chamado de O ASSASSINO DAS SOMBRAS, vai saber...) e pensei... que perda de tempo! Logo eu que gosto de filmes de terror, porque tenho que ver tanta porcaria e mais, faz tempo que só vejo porcaria sendo feita no meu tão estimado, amado, idolatrado gênero que é o terror.
O filme segue o mesmo esquema que o A BRUXA DE BLAIR, o original, não a m* do ano passado, ou seja, mais "found footage", atores usando os próprios nomes, câmera na mão do pessoal, floresta com lenda de crimes, documentário, todo mundo perdido, etc.

Só que tem uma coisa diferente, em determinado momento o pessoal resolveu fazer um "crossover" entre A BRUXA DE BLAIR e O BEBÊ  DE ROSEMARY e a história toma outro rumo, mas que não melhora a coisa muito não.

Conselho do NIXON? Pegue A BRUXA DE BLAIR que é fundamental pra ver e esqueça as cópias.

 E já que falei sobre um filme no esquema "reality", aproveito pra comentar sobre a 6ª temporada de AMERICAN HORROR STORY e sobre a minha decepção com a trama toda.

Mesmo pegando um fato real, o desaparecimento da "Colônia de Roanoke" no século XVI, como base para o argumento da história, a coisa não anda e fica apenas uma sequência de mortes e sangue jorrando como um filme de terror B.

Olha, os roteiristas e criadores se superaram na chatice e na obviedade ao usar o esquema "reality show" com várias câmeras filmando. O resultado é que não tem medo, não tem suspense, não tem pavor e tudo ficou parecendo um produto inferior da franquia ATIVIDADE PARANORMAL.

Pra ter uma ideia, a temporada foi tão ruim que nem a Sarah Paulson e nem a Kathy Bates se salvaram. 

Quer outro conselho do mestre NIXON? Pega o filme O EXORCISTA que tu será muito mais feliz.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

mais uma crítica maravilhosa do inteligentemente egocêntrico Nixon Vermelho (o único crítico de cinema decente deste país)

Então acabo de sair da sala de cinema e tenho só algo para dizer sobre ASSASSIN'S CREED: não vale a pena!

Um ótimo ator, Michael Fassbender, encara como produtor e resolve levar um game de sucesso para as telas do cinema.

O resultado disto é um filme longo, entediante, enfadonho e muito burocrático que tem como ponto positivo duas cenas de luta. Fora isto... nada de melhor para contar.

Meu conselho?

Joguem o jogo e na hora de ir no cinema vejam outro filme qualquer.

obama sempre foi apenas mais do mesmo

Vi muita gente comentando sobre o final da era Obama e o começo da era Trump, então, como não tenho nenhum assunto melhor para falar, vou fazer meu rápido comentário sobre o senhor Obama.

Pois é, o Obama foi um bom presidente?

Foi!

Mas foi bom presidente para os Estados Unidos da América, lutando por direitos iguais, contra a descriminação, pelo desenvolvimento social, etc.

No mais... invadiu países, mandou bombardear centros urbanos (o que causou a morte de dezenas e centenas de civis - entre eles, muitas crianças), apoiou golpes de estado em vários países, explorou outros tantos com a boa e velha desculpa de levar a liberdade e a democracia para o mundo.

E na boa, não tô nem condenando ele por nada disso, no lugar do dito, como líder do país mais poderoso do planeta, eu faria o mesmo, só estou comentando que ele não tem nada de santo ou de diferente dos seus antecessores.

Na verdade, o único mérito do Obama é não ser o Trump.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

minhas rápidas críticas

Meu comentário será rápido pois já devia ter saído na semana passada.

"Sully" é o tipo de filme que é bom por ser simples e direto. História bem contada, roteiro bem escrito, elenco com atuação correta e direção precisa do Clint Eastwood.

Não espere efeitos e grandes viradas, não... o filme foi feito para quem não tem pressa e sabe ler um jornal ou um livro do início ao fim sem precisar recorrer ao Facebook.

Você tem mais de 30 anos?  Então eu recomendo que você tire umas duas horas do seu dia e veja este filme.

Você não tem nem 30 anos? Bem... vai aprender a ler primeiro e depois conversa comigo.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

2016 acabou e daí? 2017 conta com as mesmas pessoas de sempre fazendo as mesmas m* de sempre.

Então é isto... aqui estou eu!

Pronto para começar mais um ano.

Vejo e reparo nas pessoas falando que 2016 foi um ano terrível. Verdade... foi, mas foi da mesma maneira que 2015, 2014, 2000, 1996, 1984, 1964, 1941, 1888, etc.

Meus caros, o ano em que vivemos sempre é o pior, o passado sempre foi melhor e o futuro nos dá esperança. 

Só que tenho que dizer uma coisa: isto não é verdade!

O passado era uma bosta de marca maior e achar que o mundo era melhor no passado é de um ingenuidade infanto-juvenil digna de uma Poliana.

E quanto ao futuro?

Bem, preste atenção no que são os "serezumaninhos". São bestas gananciosas e estúpidas que não sem importam com nada e nem com ninguém. Com isto posto, tu acreditas que o mundo, a vida, as coisas podem melhorar?

Pois é...

Então, comemore ter saúde e estar vivo e pare de pensar no que foi e no que será, apenas viva e lute pra conquistar a sua felicidade e foda-se o mundo.

Obs: este é o modo delicado de NIXON VERMELHO dedicar um bom 2017.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

jocasta

Eu parei de correr ao sentir o primeiro raio de luz do amanhecer. As chuvas da noite sessaram e hoje eu sei que é um novo dia. 
Que doce é o sonho que tenho com você ainda viva, andando em gramados verdejantes nos meses outonais. Você andava descalça e olhava fixamente em meus olhos do outro lado dos montes Urais.
O frio da manhã me acalma e o calor da sua pele já me foi esquecida. O vermelho vivo se solidificou em pequenas gotas de gelo e sangue sobre o tampo de mármore. 
A garrafa já está seca e eu sinto que ficar sóbrio me dói na alma, e isto me mantém paralisado de medo. Eu não vou ficar mais esperando, não vou mais dormir para lembrar de sua pele macia e alva tocando em meu corpo teso.
Um dia e tudo mudou.
Uma noite e tudo terminou.
A crianças se foram com o som do primeiro tiro.
E agora não adianta mais respirar o ar do seu pulmão.
Amar é um gesto solitário. Não espero retribuição, você sabe... eu apenas me doei, pois este é o desígnio do Altíssimo.
Minha sina, meu fardo, minha história, é esta: ser o herói de todos, o salvador de poucos.
Eu sempre soube, minha vida é quebrar muros, construir caminhos, amar sem receber, erguer os que que necessitam sobre meus ombros, para que assim eles vejam o mundo que estão perdendo.
Assim é a vida ao viver no país de Deus e da minha justiça.
Você morreu e eu sepultei seu corpo no cemitério mais bonito. Dancei no fogo e renasci das cinzas de meu inferno interior. Devorei meu demônio intestino e ressurgi mais forte e confiante.
Estou pronto para buscar seu cadáver de baixo da terra.
Comerei sua carne e reconstruirei seu ser finito.
Você será remontada, religada, formatada conforme meu desenho da perfeição eterna. Visão moderna de um novo Prometeu feminino.
Pele e Kevlar costurados.
Ossos metálicos.
Músculos sintéticos.
Hoje serás minha criação perfeita.
Viveremos na eternidade.

a única crítica cinematográfica que vale a pena ler

Acabei de sair da sessão das 16h do filme "Rogue One".Fui só agora ver pois prefiro ver este tipo de filme depois que baixou o frisson sobre o mesmo. E também por ter ficado emocionado com o falecimento da Carrie Fisher.

Obs: uma das vantagens de estar de bangu no recesso de final de ano é ir ao cinema em plena tarde.

Continuando...

...fui, vi e posso dizer: é o melhor roteiro de todos os filmes que envolvem o universo "Star Wars". E olha que tem alguns furos e uns diálogos bem toscos.

Lado positivo: 
. um final emocionante e muito bem ligado com o universo dos outros filmes;
. o androide K2;
. basta o Darth Vader aparecer pro filme crescer.

Lado negativo:
. a reprodução digital do Peter Cushing;
. a batalha praiana ao estilo filme dos anos 80 sobre a "guerra do Vietnã".

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

seu nome, sua vida

O nome é algo muito importante na vida de uma pessoa. Afirmo isto após uma longa pesquisa de cinco minutos e meio que me deu todo embasamento teórico para a minha tese.
Com a análise eu posso confirmar que o nome define o destino  e a profissão do ser humano.
Isto posto, pense bem na hora de dar o nome ao seu rebento pois estará definindo o caminho profissional do vivente.
E posso comprovar com a seguinte lista:
1. Nei - com certeza ele será cabeleireiro;
2. Oswaldo (ou Nelson) - além de já nascer adulto e de bigode, vai ser despachante;
3. Pâmela - não sei no que ela vai trabalhar, mas que vai dar pra toda turma na escola, ah vai;
4. Rafaela - executiva em alguma empresa de finanças;
5. Sirlei - manicure e nem adianta tentar trabalhar em algo diferente que não vai rolar;
6. Caíque - esse não vai trabalhar em nada porque é um filhinho de papai e provavelmente vai tá sempre transando com a Pâmela;
7. Clandio - é filho de mecânico e vai ser mecânico também;
8. Caroline - essa nunca vai trabalhar na vida e vai no máximo cursar odontologia na PUC antes de casar com algum empresário rico;
9. Richard - vai herdar o escritório de advocacia do papai;
10. Alexandra - artista plástica, comunista e bissexual.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

no topo da montanha eu vivi para nunca mais voltar

Este é o tempo de rompermos.
O momento de dizer adeus.
Mas não sinta medo de nada, pois a escuridão nos protegerá e o fim será o recomeço de novos tempos.
Este é o tempo de ser livre, pra mim e pra você.
A noite é escura para todos.
Pra mim... e pra você.
Este é o melhor dos tempos para nós dois, pois é o momento do adeus.
Para sempre e sempre.
Sempre... seremos livres.
Este é o momento de celebrar o mistério que nos levou a vivermos juntos e que nos fez morrer juntos.
Livres.

domingo, 18 de dezembro de 2016

coração negro como meu olhar

Meu pequeno coração negro, hoje você está melhor. 
Seu sangue coagulado e escuro cruza pelo meu corpo da mesma forma fria que me acalenta e me envolve nos momentos de terror.
Mesmo sozinho, não me sinto estranho, pois fui salvo ao viver as aventuras de um homem morto em vida.
E sim, eu vivi todas as aventuras de um homem morto em vida.
Sonhei com a perda de cada molécula do meu ser, até que minha carne putrefata  se perdesse de meus ossos amarelados.
Agora eu sei que precisava partir em novas ondas e viagens celestiais, pois o céu de Manhattan era o paraíso e eu nem sabia o que dizer para te convencer que meu olhar não era de fúria, mas sim de fome animal.
Chuva.
Trovões quebram o silêncio da noite e caminho pela estrada vazia. Minhas mãos apontam para o solo e meus passos são lentos e precisos.
Acredite, eu sou a nova besta.
Continuo o mesmo, apenas o ar gelado é que não cruza mais meus pulmões e nas tardes de abril eu me sento sobre minha lápide e reescrevo meu nome na pedra.
Querida, estou voltando para o nosso lar, para novamente beijar sua boca quente e me alimentar do calor da sua pele.
O tempo não significa mais nada e joguei fora o relógio que você me deu. Não fique brava, mas no vazio da eternidade o tempo não fazia mais sentido para um andarilho da noite como eu.
Eu sei meu amor, você acreditou que tudo terminaria naquele dia, mas sinta o frio que trago comigo e saiba que ao se manter na estrada dos girassóis, você me chamou de volta.
O necromante sabia que esta noite chegaria.
Estou voltando, mas sinto mais fome desta vez, pois os verões de minha alma se foram e agora preciso da sua carne e de seu sangue para saciar meus desejos infernais.
Segure meu corpo e feche seus olhos, me toque e sinta meus dentes entrando em você.
Acredite minha querida, o luar sempre vai brilhar sobre nós dois.